?

Log in

Thu, Jul. 3rd, 2008, 12:20 am

Se mais alguém lê isso, quer continuar lendo e ainda não sabe onde ou como: que coisa, ein?

Thu, Jun. 26th, 2008, 12:14 am

Adeus mundo (LiveJournal) cruel!

Sun, Jun. 8th, 2008, 05:01 pm

Sim, sim, você precisa.

(...)

Treinando pra roteirista do Lost, ou do X-Files...

Wed, Jun. 4th, 2008, 02:09 pm

Algumas conclusões de uma noite de terça-feira:

  • meu senso de humor é ainda mais estranho e idiota aqui

  • certos tipos de cerveja deveriam ser proibidos por lei

  • o maníaco do parque teria uma carreira promissora se mudasse pra cá

Fri, May. 30th, 2008, 08:14 pm



Já falei que esse cara às vezes me dá medo.

(...)

Procurando esse velho post eu tava pensando "caralho, como eu sou deprimente... eu só comento coisas sobre o quão deprimente eu sou... preciso comentar sobre isso...".
Há!
Eu rio muito comigo mesmo... sem ironia...

Sun, May. 18th, 2008, 07:35 pm

Tá bom gente... eu volto a escrever reclamações da vida, não precisam insistir tanto! Calma...

Mas pra ninguém falar que eu só reclamo, vou começar com uma raridade: essa semana foi bem divertida.
Pronto, falei! Admito!
Ela envolveu mais risadas, cerveja e diversão do que provavelmente nos últimos 10 meses juntos.

Mesmo assim tá foda. Lembra aquele pedaço que tava faltando? Ele ainda tá faltando e pra piorar agora ele tem companhia!
Os outros pedaços que eu deixei pra trás tão mostrando sua falta, sem a menor cerimônia, sem pedir com jeitinho.

As vezes dá vontade de ser como algumas pessoas que conheço que tem essa capacidade de simplesmente virar as costas e sair andando, sem grandes problemas. Em questão de meses, semanas talvez, a vida já se adaptou, novas peças igualmente efêmeras já foram encontradas pra preencher as necessidades pontuais e a coisa toda vai pra frente...
Mas aí eu lembro que na minha cabeça isso simplesmente não faz sentido e que não consigo nem imaginar minha existência nesses termos.
É um exercício meio fútil tentar ver o mundo por novos olhos, no meu caso.


(...)

Eu tava pensando em talvez transformar isso aqui em um diário de verdade, ao invés de só uma parede de reclamações aleatórias e - às vezes - algumas outras pirações sobre temas variados. No final decidi que seria uma péssima idéia: eu ia ser forçado e ver o quão chata minha vida anda. Acho que seria demais pro meu pobre coraçãozinho...

Ninguém merece uma dose de realidade na cara com esse grau de pureza.

Thu, Apr. 24th, 2008, 10:06 pm




Eu disse...

Tue, Apr. 22nd, 2008, 12:56 am

Eu tô com a sensação que alguma coisa importante aconteceu e eu não fiquei sabendo.

Paranóia 101.

(...)

Generalizações estão sempre erradas.
Há.

Wed, Apr. 9th, 2008, 10:26 pm

Segundo a Teoria das Ondas duas ondas de comprimento e fase idênticos superpostas tem uma relação 100% construtiva e duas ondas de comprimento idêntico mas fases invertidas tem uma relação 100% destrutiva. Com vocabulário meio errado, mas só pra dar mais credibilidade pras seguintes elucubrações...

Não consigo deixar de pensar que isso se aplica a relacionamentos também, de alguma forma.
Imagino a onda como a flutuação de humor, mas em vários eixos (afinal humor não é quantitativamente linear). Imagino ondas de várias dimensões interagindo e cada interação construtiva é um momento de sincronia de humores onde a interação é suave e nos outros momentos há diferentes graus de complicação, sendo a total inversão do vetor o caso no qual um quer ver o jogo de futebol e o outro quer ver a novela.
... ok, esse exemplo foi gratuitamente idiota... mas acho que deu pra expressar a minha viagem...

Imagino que na maioria dos casos os comprimentos sejam diferentes de formas completamente não proporcionais, causando interferências bizarras... essa é exatamente a imagem que eu tenho de muitos relacionamentos que eu vejo...

Além disso, os comprimentos não são constantes. Eles se alteram às vezes em resposta às próprias interações, o que faz desse pequeno exercício mental totalmente inútil pra tentar derivar algum tipo de "equação dos relacionamentos". A não ser que eu comece a estudar quântica, aí talvez...
... como se nenhum nerd idiota tivesse tentado isso antes... droga!

E eu sei que eu sou um racionalizador filhodaputa por pensar desse jeito, mas sei lá... "my mind wonders..." (não lembro de onde é essa citação, mas acho que é de algum filme que vi recentemente)


PS.: Dedé, eu falei "suave"!

Wed, Apr. 9th, 2008, 07:55 pm

Eu gosto de gente idiota e geralmente meio louca. Já disse isso umas 587 vezes.

Tem pouca gente idiota e louca no mundo.

Tem muita gente chata e sem graça no mundo.

Veja bem: sem graça não quer dizer "sem piadas boas", porque disso seria hipocrisia minha reclamar.

10 most recent